PORTAL

Professores da rede estadual decidem entrar em greve na Paraíba

Professores da rede estadual de ensino decidiram entrar em greve na Paraíba. A paralisação tem início na quarta-feira (15). O movimento é contra a reforma da previdência social, a retirada de direitos dos trabalhadores e também coloca em pauta a campanha salarial 2017/2018 dos servidores do Estado. Durante o mês ainda haverá duas reuniões para reavaliar a continuidade da greve.

A assessoria da Secretaria de Estado da Educação informou que, por enquanto, o governo não vai se procnunciar em relação à greve. A assessoria não informou se foi recebida a carta de reivindicação da categoria.
saiba mais

A paralisação estadual segue a orientação da assembleia nacional realizada na última quarta-feira (8). O secretário de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Ensino Superior do Estado da Paraíba (SintesPB) disse que "essa greve foi aprovada na assembleia nacional da CNTE [Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação] e ela traz dois pontos: a reforma da previdência que ataca diretamente os trabalhadores da educação e, principalmente, as mulheres. Hoje [elas] se aposentam com 25 anos [de contribuição] e 50 anos de idade e vão para 49 e 65 - então são as mais prejudicadas".

Ainda segundo o secretário, há mais demandas nessa paralisação além da reforma da previdência. "O piso salarial nacional que Estados e municípios estão desrespeitando. E, no estado da Paraíba, nós temos nossa pauta de reinvidicações que foi entregue ao Governo do Estado", informou.

A paralisação da próxima semana já está decretada. De acordo com o calendário nacional, dia 25 de março haverá uma reunião do Comando Nacional e, no dia 27, uma "assembleia dos Estados para reavaliar os desdobramentos da greve".
DESTAQUECZ COM G1 PARAIBA 
Compartilhe esta notícia :

Siga-nos pelo email

Seguidores

 
Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. DESTAQUE CZ - Todos os Direitos Reservados
Web Design Heraciel de Souza
Proudly powered by Blogger