PORTAL

Avião de passageiros cai no norte do Paquistão

Avião da companhia Pakistan International Airlines (PIA) caiu após decolar da região de Chitral, no norte do Paquistão, nesta quarta-feira (7), segundo a agência Reuters, CNN e a BBC.

Mais de 40 pessoas estavam a bordo da aeronave que seguia para Islamabad, segundo relato de um policial reproduzido pela Reuters. Militares recuperaram 21 corpos, de acordo com um comunicado. "Os esforços de resgate continuam", afirmou a declaração da ISPR, o meio de comunicação militar paquistanês.

"O avião está totalmente destruído. É difícil ter sobreviventes", disse à agência EFE o porta-voz da Autoridade Nacional de Gestão de Desastres, Ahmed Kamal.

Junaid Jamshed, uma estrela pop paquistanesa convertida em clérigo muçulmano, estava no voo, também de acordo com a Reuters.

Laiq Shah, um representante da polícia na província de Khyber-Pakhtunkhwa, declarou à Reuters por telefone que o avião havia caído perto da cidade de Havelian (a 70 km da capital Islamabad). O resgate estava a caminho do local do acidente.

O voo PK-661 tinha perdido o contato com controladores de tráfego aéreo na tarde de quarta-feira (no horário local). O ATR-42, um avião de hélice bimotor, é usado em voos de curta distância. A ATR, fabricante da aeronave, é uma joint venture entre o grupo Airbus e o italiano Leonardo, de acordo com a CNN.

O porta-voz da companhia aérea, Danyal Gilani, divulgou em sua conta no Twitter que a aeronave tinha desaparecido e que todos os meios para localizar avião tinham sido mobilizados. Telefones de emergência foram colocados de prontidão para mais informações. A informação da Reuters de que o avião caiu não foi divugalda pela empresa.

No passado, a empresa já foi acusada de falhas de segurança, de acordo com a BBC.

Estrela pop
Junaid Jamshed, uma estrela pop paquistanesa convertida em clérigo muçulmano, estava a bordo de uma aeronave. O empresário dele afirmou à CNN que ele está entre os passageiros. Não se sabe seu estado de saúde.

Ele ficou famoso nas décadas de 1980 e 1990 como o cantor do grupo de rock Vital Signs. Mais tarde, lançou uma carreira solo.

Jamshed deixou a carreira musical em 2001, quando anunciou que estava se dedicando ao Islã. Ele se dedicou à organização religiosa conservadora Tableeghi Jamaat.
DESTAQUECZ COM G1
Compartilhe esta notícia :

Siga-nos pelo email

Seguidores

 
Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. DESTAQUE CZ - Todos os Direitos Reservados
Web Design Heraciel de Souza
Proudly powered by Blogger