PORTAL

Com 68 mil habitantes, Sousa está à beira do colapso no abastecimento de água: "É triste a realidade,não adianta chorar, agora só Deus"

O município de Sousa, no Sertão da Paraíba está à beira de um colapso total no abastecimento de água para consumo humano. Com 68 mil habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município tem uma área de pouco mais de 738 quilômetros quadrados e o seu principal manancial, o açude de São Gonçalo está com apenas 7% de sua capacidade total de armazenamento de água.

O açude tem capacidade para armazenar mais de 44,6 milhões de metros cúbicos, mas atualmente segundo a Aesa, está com pouco mais de 3,1 milhões de metros cúbicos. O que preocupa é que essa marca, cada vez mais, vem caindo.

O abastecimento na cidade é feito por racionamento e todos os bairros passam por rodízio para ter água nas torneiras das casas. Em algumas localidades, a comunidade fica sem água entre três a cinco dias seguidos.
A reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão foi até o açude no Distrito de São Gonçalo e entrevistou o presidente da Colônia de Pescadores, Jerônimo Arlindo, mais conhecido como “Galego do Peixe”, e ele revelou que mora no local há 54 anos e nunca viu o manancial tão seco como está atualmente.

“Eu sempre denunciei que empresários retiravam água utilizando motores bomba para irrigações, além dos desperdícios. Não tem mais o que fazer, agora é clamar a Deus para que venha um bom inverno”, falou Galego do Peixe.

E a adutora?
A adutora emergencial que está sendo construída na cidade, evitaria um colapso no abastecimento de água no município, no entanto, ocorreu um problema na tubulação e a obra, e só após a instalação dos novos tubos a população poderá ser beneficiada.
DESTAQUECZ COM DIARIO DO SERTÃO

Compartilhe esta notícia :

Siga-nos pelo email

Seguidores

 
Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. DESTAQUE CZ - Todos os Direitos Reservados
Web Design Heraciel de Souza
Proudly powered by Blogger