PORTAL

Em Cajazeiras: Jovem com sérios problemas mentais, vive amarrado e preso em um quarto com grades; família pede ajuda. Veja!

Os pais do jovem que vivem na zona rural fizeram um apelo pedindo ajuda de médicos e autoridades para tratar rapaz

Situação de Flávio se complica a cada dia e os pais pedem ajuda. (Fotos: Ângelo Lima)


A equipe do programa Sertão Alerta da TV Diário visitou na última semana o jovem Flávio Alves Rodrigues, 28 anos no sítio Pé de Serra. O rapaz tem problemas psicológicos e age como uma criança de três anos. Por essa razão, Flávio vive trancado em um quarto com grades e amarrado pelo pé.

Os pais de Flávio, Emídio Rodrigues e Maria de Fátima falaram sobre a situação do filho, dizendo que nos últimos tempos ele está bastante agressivo. Emídio Rodrigues afirmou que não pode soltar o rapaz pra que ele não fuja e se perca no mato, como já aconteceu uma vez. “Tenho medo de soltar, ele desaparecer e não encontrarmos mais”, disse.

Emídio que é pai de sete filhos, falou do sofrimento com o problema de Flávio e reclama do cansaço. “São 28 anos lutando com ele, é bastante cansativo. Estamos ficando idosos e tenho medo que não possamos mais com a luta dele”, disse.

Emocionado, o pai vai às lágrimas dizendo que não pode viajar, nem sair de casa, pois, não tem coragem de deixar Flávio sozinho. “Noto que a agressividade dele vem aumentando, bate até na gente. Dói vê-lo amarrado, mas, é o jeito”, disse.

Já a mãe, Maria de Fátima disse que não consegue ficar separada dele. “Tenho pra mim que só quem sabe cuidar dele sou eu”, disse.

Com relação à higiene pessoal do rapaz, a mãe conta que há dias em que é mais trabalhoso, em outras vezes, Flávio se deixa ser higienizado tranquilamente e até é carinhoso. “Cuido muito da limpeza dele, tiro a barba, corto as unhas, mas, tem dias que dá trabalho, quando ele está mais agressivo”, disse.

Apelo
Os pais de Flávio fizeram um apelo para autoridades e médicos pedindo ajuda para tratar o filho em casa. O pai Emídio disse que gostaria de ter visitas de psicólogos, remédios que o acalmassem e exames que dessem um bom diagnostico.

Já a mãe Maria de Fátima repetiu várias vezes que não consegue ficar longe do filho. “Se separarem ele de mim eu adoeço, não suportaria”, disse.

O empresário Geraldo Lira que é amigo do casal falou da estima que tem por Flávio e esclareceu que os pais do jovem não o amarram por querer. “A situação pede tal providência”, disse.

Veja mais fotos na galeria. Clique e aumente o tamanho.

Veja Vídeo em instantes!

DIÁRIO DO SERTÃO





Compartilhe esta notícia :

Siga-nos pelo email

Seguidores

 
Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. DESTAQUE CZ - Todos os Direitos Reservados
Web Design Heraciel de Souza
Proudly powered by Blogger